XVI MUNDIAL DE ESPORTES AQUÁTICOS - KAZAN - SALTOS ORNAMENTAIS - DIA 6

XVI MUNDIAL DE ESPORTES AQUÁTICOS - KAZAN - SALTOS ORNAMENTAIS - DIA 6

por Luiz Paulo Barreto

Tivemos Ingrid de Oliveira e Giovanna Pedroso competindo naPlataforma de 10m. As meninas de, respectivamente, 19 e 16 anos, se despediram de seu primeiro Mundial. Classificavam-se às semi-finais as 18 melhores, porém, Ingrid foi a 27acolocada, com 291.95 pontos. Seu rendimento foi prejudicado pelo baixo grau de dificuldade de seu primeiro salto. Um salto no mesmo nível dos outros que ela executou, a colocaria na briga para passar de fase. Sorte melhor, teve Giovanna, que chegou a flertar com a classificação, ficando em 10o lugar, após seu segundo salto, e, em 14o, após o terceiro, mas seu rendimento caiu no quarto salto e não foi possível recuperar no último. Ela terminou o dia na 22a posição. A impressão que fica é boa. Elas ainda são jovens, e e, certamente, com mais experiência e regularidade, irão obter bons resultados.

A final do dia foi a de Saltos por Equipe e quando todos esperavam mais uma vitória chinesa, o ouro ficou com a Grã Bretanha, marcando a volta de Tom Daley ao lugar mais alto do pódio em um Mundial, depois de 6 anos. Ele havia vencido a Plataforma de 10m em Roma 2009, quando tinha, apenas, 15 anos.

Resultados do dia:

Saltos por Equipe (Trampolim 3m/Plataforma 10m):

1. Grã Bretanha (Rebecca Gallantree/ Tom Daley) - 434.65 

2. Ucrânia (Oleksandr Gorshkovozov / Iuliia Prokopchuk) - 426.45 

3. China (Siyi Xie / Chen Ruolin) - 425.40 

 

Foto:

1. Os britânicos Rebecca Gallantree e Tom Daley, medalhistas de ouro nos Saltos por Equipe. Crédito: R-Sport / MIA Segodnya



Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!